Analise e Desenvolvimento de Sistemas
Login

Esqueci minha senha

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Top dos mais postadores
Aninha (156)
 
Oráculo (131)
 
Corsario (125)
 
elenilton (102)
 
Helio Andrade (101)
 
Julio_Marinho (63)
 
Marcel Cerqueira (60)
 
rafaelcb (59)
 
manoelneto (50)
 
Menezes (49)
 

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens
Quem está conectado
12 usuários online :: 3 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 9 Visitantes :: 2 Motores de busca

anajaig, Flaviano Dourado, guiataua

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 341 em Sex 11 Abr 2014 - 23:44
Últimos assuntos
Abril 2014
DomSegTerQuaQuiSexSab
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930   

Calendário Calendário


Portfólio individual Feito.Conceito Muito Bom!! 5 5 1

Portfólio individual Feito.Conceito Muito Bom!!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Portfólio individual Feito.Conceito Muito Bom!!

Mensagem por Helio Andrade em Ter 11 Jun 2013 - 15:55




ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

HÉLIO PEREIRA DE ANDRADE FILHO















PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR


















IBOTIRAMA
2013
HÉLIO PEREIRA DE ANDRADE FILHO

















PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR









Trabalho apresentado ao Curso Análise e Desenvolvimento de Sistemas da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas: Tópicos em Desenvolvimentos de Sistemas, Ética Política e Sociedade, Lógica e Técnica de Programacão e Fundamentos da Computação.

Orientadores: Prof.Merris Mozer,Sérgio de Goes Barboza, Andersom Machado, Marco Hisatomi.








IBOTIRAMA
2013
SÚMÁRIO

INTRODUÇÃO................................................................................................................04

OBJETIVO......................................................................................................................05

DESENVOLVIMENTO....................................................................................................06

CONCLUSÃO.................................................................................................................15

REFERÊNCIA.................................................................................................................16






















INTRODUÇÃO

Neste trabalho será abordado vários assuntos dentre o curso de Analise e Desenvolvimento de Sistema .Dentre eles estão Tópicos em Desenvolvimentos de Sistema, Ética, Politica e Sociedade, Logica e Técnicas de Programações e Fundamentos da Computação.
Este trabalho poderá nos auxiliar em uma melhor compreensão do assunto e assim uma melhor formação na área. Pois hoje em dia o mercado exige que seu analista de sistema tenha bastante conhecimento na área que irá desenvolver seus trabalhos .
O tecnólogo tem a capacidade para projetar desenvolver e programar sistemas de informação, proceder a pesquisa, elaborar pareceres formatar relatórios laudos, pericias e consultorias na área de sistema de informação.



















OBJETIVO

Os principais objetivos desse trabalho são: aprender sobre html falar dos parâmetros size, color e face, ensinar os comandos básicos para a construção de uma tabela,a necessidade do tag na contrução de um link em um mesmo documento, explicar as linhas de comandos, descrever os temas importantes referente a adminitração, os tipos de dados primitivos da linguagem c# e a teoria da organizacão de arquivos.









DESENVOLVIMENTO
Html ou hipertext Markup Language e a linguagem de formatação de texto pode ser escrito em qualquer editor de texto. É usado para criar sites.
Para aprender HTML é preciso que o aluno crie uma pasta “aprendendo html”.E para começar o estudo sobre html será utilizado um bloco de nota(note pade) possibilitando de uma forma bem simples o entendimento dos comandos básicos.
A estrutura básica de um documento html é:

A primeira tag em seu documento HTML é <html>. Esta tag define o início de um documento HTML e indica ao navegador que todo conteúdo posterior deve ser tratado como uma série de códigos
HTML -> que inicia o documento HTML, nela pode ser acrescentado o atributo lang, cuja finalidade é identificar a língua na qual o documento será escrito.
HTML. A última tag em seu documento deverá ser </html>. Este tag indica ao navegador que é o fim de seu documento HTML.
Head -> TAG responsável pela criação do cabeçalho, com as informações de cabeçalho não visíveis da página, mas na aba da página.
Title -> TAG onde se encontra o título da página
Body -> é o corpo do documento, onde será inserido o conteúdo da página.
<h1> a <h6> Define título 1 a título 6
<p> Define um parágrafo
<br> Insere uma única quebra de linha
<hr> Define um filete horizontal
<!--> Define um comentário
Os parâmetros size, face, color, são encontrados em um único tag. Color contém a cor do texto, Size contem o tamanho e Face contém o nome do tipo da letra.
Podemos definir o estilo todo de um texto, mesmo que ele tenha diferentes aspectos em diversos trechos. A marcação básica é a <font> e dentro desta tag devemos colocar todos os parâmetros para o estilo do texto, como estilo de letra, tamanho da fonte, cor, entre outros. (Lembre-se de que os cabeçalhos não têm um tamanho definido; dependem do navegador). Usando a marcação de fonte, podemos determinar o começo de um tipo de letra e quando formos mudar, devemos fechar a tag com a sua correspondente.
Lembre-se de que é recomendado usar estilos de letras comuns, para não ocorrer mudanças em sua página quando for vista em outros computadores.
A marcação utilizada <font> é seguida dos parâmetros que queremos determinar:
Tipo da fonte: Usa-se o comando face para designar o tipo da fonte dentro da tag <font>.
Os valores a serem aplicados no comando face são: Arial, Verdana entre outros nomes de letras.
Exemplo:
<font face="Arial">Texto com fonte do tipo Arial."</font>
Cor da fonte: Usa-se o comando color para designar a cor da fonte dentro da tag <font>.
Seus possíveis valores são: nome de cores em inglês (blue, black, yellow, ...), cores representadas por códigos hexadecimais (#FF0000 (código da cor vermelha em hexadecimal)), entre outras formas. Mas não é preciso sair decorando números de cores, para isto existem tabelas e softwares que auxiliam no processo.
Exemplo:
<font color="red">Texto com fonte em cor vermelha.</font>
Tamanho da fonte: Usa-se o comando size para designar o tamanho da fonte dentro da tag <font>.
Exemplo:
<font size="20px">Texto com fonte em tamanho de 20 píxeis.</font>
Primeiramente, vamos para o código principal da tabela, que é o
<table> </table>
Este é importante para determinar ao navegador que o código entre eles é uma tabela. A tabela e composta por vários tag como:

<table></table> Cria uma tabela.
<tr> </tr> Linha de uma tabela
<td></td> Célula individual numa linha
<th> </th> Define um cabeçalho de tabela

Na criação de uma tabela contém vários atributos para a tabela manter uma boa forma e destacar partes mais interessantes,para se fazer isso podemos usar os seguintes tag:

<caption> Define um título de tabela.
<colgroup> Define um grupo de colunas de tabela.
<col> Define os valores de atributo para uma ou mais colunas em uma tabela.
<thead> Define um cabeçalho de tabela.
<tbody> Define o corpo de uma tabela.
<table border=#> Borda à volta de cada célula.
<table cellspacing=#> Espaço entre as células.
<table cellpadding=#> Margem interior das células.
<table width=# or %> Largura da tabela - em pixels ou percentagem.
<tr align=?>...<td align=?> Alinhamento horizontal do conteúdo das células.quot;left", "center" ou "right")
<tr valign=?>...<td valign=?> Alinhamento vertical do conteúdo das células.("top", "middle" ou "bottom")
<td colspan=#> Número de colunas 'percorridas' por uma célula.
<td rowspan=#> Número de linhas 'percorridas' por uma célula.

Para criação de links no documento foi inserido o tag âncora, que tem a função de criar uma link para outra página (texto ou imagem), ou para um documento explicativo, ou navegação dentro do mesmo documento e ainda para um e-mail. Os atributos do tag <a> e suas funções são:

<a href= "URL"> </a> Cria uma hiperligação.
<a href= "mailto:EMAIL"> </a> Cria uma link para o envio de correio.
<a name= "NOME"> </a> Cria um 'alvo' dentro de uma página.
<a href= "#NAME"> </a> Faz a ligação a um 'alvo' presente dentro da mesma página.
Links internos são aqueles que ligam uma seção de uma página com uma outra seção da mesma página. Por exemplo, se eu quiser fazer uma referência para a seção Hipertexto de uma pagina,basta que eu primeiro defina um nome para a seção Hipertexto e então adicione um link pra ela. Isso é feito da seguinte forma:

1 - Vou até o início da seção Hipertexto e adiciono o seguinte código, ao invés de simplesmente escrever o título da seção:<a name="Hiper texto">Hiper texto</a>
2 - Adiciono o link pra essa seção com o seguinte código,<a href="#Hiper texto">Vá para a seção hiper tex to</a>O atributo name serve apenas para dar um nome para uma posição de uma página html . O valor de name pode ser qualquer um (nesse caso eu coloquei "Hiper texto"). Quando você fizer uma referência a um link interno utilizando o atributo href, você precisa necessariamente adicionar o caractere # (jogo da velha) antes do nome da sua seção - no meu caso, #Hipertexto - pois do contrário o navegador tentará abri - lo como um link local.
A tag <body> define o corpo ( body ) de uma página HTML. No exemplo seguinte adicionei o atributo bgcolor (que signi fica "background color ", ou cor de fundo) para indicarmos que queremos que a página fique com uma cor vermelha em seu plano de fundo, O valor a ser entrado pode ser uma constante (nome em inglês da cor) ou um número hexadecimal (#xxxxxx) correspondente aos valores RGB da cor.
Exemplo:

<BODY BGCOLOR="red">
<BODY BGCOLOR="#996633">

Existe vários outros atributos do parâmetro relacionado á <body> como:

<body bgcolor=?> Cor de fundo.
<body text=?> Cor de texto.
<body link=?> Cor das links
<body vlink=?> Cor das links previamente visitadas.
<body alink=?> Cor da link activa.

Tem discutido muito sobre humanização e ética no ambiente do trabalho e no contexto da tecnologia não tem sido diferente. Onde humanizar significa respeitar o trabalhador enquanto pessoa, enquanto ser humano. Significa valorizá-lo em razão da dignidade que lhe é intrínseca. Isso apresenta vários desdobramentos. A dignidade jamais deve ser esquecida ou colocada em segundo plano. A prática da humanização deve ser observada ininterruptamente. O comportamento ético deve ser o princípio de vida da organização, uma vez que ser ético é preocupar-se com a felicidade pessoal e coletiva. Tem competência interpessoal quem saber ouvir o outro e colocar-se no lugar desse outro a fim de compreendê-lo, por isso um bom administrador deve ter competência interpessoal no relacionamento com os demais colegas de trabalho se colocando no lugar dos outros.
Baraúna (2005) afirma que “a humanização é um processo de construção gradual, realizada através do compartilhamento de conhecimentos e de sentimentos”. Nesse contexto, humanizar é ter uma pré-disposição para contribuir (o sentimento e o conhecimento) com o outro de forma ética, individualmente e independente, reconhecendo os limites, seus e o dele, compondo uma empatia entre indivíduos, possibilitando troca de informações.
Seja qual for humanização pode ser compreendida como uma construção de conhecimentos e abordagens que emerge do indivíduo para indivíduos, conforme as necessidades individuais do outro. Possibilitar a intersecção entre a ética, o respeito, dignidade, individualismo entre indivíduos promove a humanização. Portanto, vale ressaltar que mesmo a sociedade valorizando o poder capitalista para sua sobrevivência, seja em qualquer campo dos negócios públicos ou privados, a questão sempre voltará para a qualidade da coletividade, tendo o ser humano como foco principal e riqueza de uma sociedade.
A Ética é o ideal para conduta humana, pois a evolução de seus princípios deu-se juntamente com o processo evolutivo da humanidade, e orienta o ser humano sobre o que é bom e correto e o que deveria assumir, orientando sua vida em relação a seus semelhantes, visando o bem comum.
A adoção de princípios éticos e comportamentais reflete o tipo de organização da qual fazemos parte e o tipo de pessoa que somos. Nosso respeito pelas diferenças individuais e a preocupação crescente com a responsabilidade social, onde inserimos as questões de segurança, meio-ambiente e saúde no cotidiano da nossa gestão empresarial, refletem as relações com seus empregados e para com a sociedade.
Para que seja ético no trabalho é preciso antes de tudo ser honesto em qualquer situação, nunca fazer algo que não possa assumir em público, ser humilde, tolerante e flexível. Ser ético significa, muitas vezes, abrir mão de algumas coisas e perder algo.
Evidencia-se a necessidade de serem observados pelas organizações os atuais anseios da sociedade por uma atuação ética. Tal necessidade requer a conscientização de todos sobre a importância da ética na atualidade. Assim, o tema“ética” faz-se imprescindível na pauta das discussões, porque, dentre as necessidades do homem contemporâneo, a necessidade ética desponta como uma das mais prementes.
Para ZOBOLI (2002: Cool: “[...] uma vez que a empresa, enquanto uma organização social, deve dar conta de funções que a sociedade dela espera e exige assumindo suas responsabilidades neste âmbito, ela está obrigada a tomar decisões com implicações éticas”. Daí ser possível afirmar que “a empresa que busca somente os resultados ou as vantagens imediatas é suicida, a responsabilidade a largo prazo é uma necessidade de sobrevivência e neste aspecto a ética constitui um fator importante para os ganhos.
C# (pronunciada ”c sharp”), é uma linguagem de programação da plataforma .Net.
Características do C#.
• Simplicidade: os projetistas de C# costumam dizer que essa linguagem é tão poderosa quanto a C++ e tão simples quanto o visual basic.
• Completamente orientada a objetos: em C#, qualquer variável tem de fazer parte de uma classe.
• Fortemente tipada: isso ajudara a evitar erros por manipulação impropria de tipos, atribuições incorretas, etc.
• Gera código gerenciado: assim como ambiente .Net é gerenciado ,assim também e a linguagem C#.
• Tudo é um objeto: system. object é a classe base de todo o sistema de tipos de C#.
• Controle de versões: cada assembly gerado, seja como EXE ou DLL, tem informação sobre a versão do código, permitindo a coexistência de dois assemblies homônimos, mais de versões diferentes no mesmo ambiente.
• Suporte a código legado: o C# pode interagir com o código legado de objetos COM e DLLs escrita em uma linguagem não gerenciada.
• Flexibilidade: se o desenvolvedor precisa usar ponteiros, C# permite, mais ao custo de desenvolver código não gerenciado, chamado ”unsaje”
• Linguagem gerenciada: os programas desenvolvidos em C# executam num ambiente gerenciado, o que significa que todo gerenciamento de memoria é feito pelo runtime via o GC (Garbage Collector),e não diretamente pelo programador, reduzindo as chances de cometer erros comuns a linguagem de programação onde o gerenciamento da memoria e feito diretamente pelo programador.
Toda linguagem de programação possui seus tipos de dados primitivos, incluindo o C#.
Os tipos de dados primitivos são os dados suportados diretamente pelo compilador. Esses dados possuem palavras chaves para facilitar sua utilização durante a implementação de um sistema.
Por exemplo, a palavra chave string mapeia diretamente o tipo system. String e o bom conhecimento destes tipos auxiliam no desenvolvimento e pode impactar no desempenho de seu sistema.
No java existem somente 8 tipos de dados primitivos : Boolean, Char, byte, short, int, long, float, double.
A organização dos arquivos consiste no modo como os dados estão internamente armazenados, podendo, sua estrutura, variar em função do tipo de informação contida no arquivo.
A forma mais simples de organização é através de uma seqüência não estruturadas de bytes . A aplicação deve definir toda a organização, com vantagem da flexibilidade, porém de inteira responsabilidade da aplicação.
Alguns Sistemas Operacionais estabelecem diferentes organizações de arquivos e cada arquivo deve seguir a um modelo suportado.
As organizações mais conhecidas e implementadas são a seqüencial, relativa e indexada.
Em função de como o arquivo esta organizado o sistema de arquivos pode recuperar registros de diferentes maneiras:
Acesso sequencial: arquivos armazenados em fitas magnéticas, o acesso era restrito à leitura na ordem em que eram gravados, sendo a gravação de arquivos possível apenas no final do arquivo. Pode-se combinar o acesso seqüencial com o direto e com isso acessar diretamente um arquivo e os demais m forma seqüencial.
Acesso direto: permite a leitura/gravação de um registro diretamente na sua posição. É realizado através do número de registro. Não existe restrição a ordem em que os registros são lidos ou gravados. Somente é possível quando é definido com registros de tamanho fixo.
Acesso indexado ou por chave: o arquivo deve possuir uma área de índice onde existam ponteiros para os diversos registros e a partir desta informação realiza-se um acesso direto.



















CONCLUSÃO


Foram apresentados neste trabalho interdisciplinar algumas definições e características dos assuntos acima, mostrando a importância de cada um no curso de Análise e Desenvolvimento de Sistema.
Para realização desse trabalho tivemos como base o cenário “Nossa Locadora de livros ” que fala de uma empresa privada com fins lucrativos.
Foi necessário que os alunos assistissem as vídeos aulas propostas para a conclusão e entendimento do assunto.






















REFERÊNCIA

Tetzlaff AAS (Hi Technologies). O que é Humanização? [online] 2010 Maio. [acessado em dia, mês ano]. Disponível em: [Somente administradores podem ver este link]

Baraúna T. Humanizar a ação, para Humanizar o ato de Cuidar. Coruña, España: Creacción Integral e Innovació; [acesso em 19 abr. 2010]. Disponível em: [Somente administradores podem ver este link]
Martins Jefferson Carlos e Leal Manoel Flávio, Ética e relações pessoais no ambiente de trabalho. [Somente administradores podem ver este link]
Humanização, ética, relacionamento interpessoal. [Somente administradores podem ver este link]
[Somente administradores podem ver este link]
[Somente administradores podem ver este link]
[Somente administradores podem ver este link]
[Somente administradores podem ver este link] Por: Eduardo Sousa
[Somente administradores podem ver este link]
[Somente administradores podem ver este link] Prof.Pedro Luís Antonelli Anhanguera Educacional

Helio Andrade
Nivel 3
Nivel 3

Mensagens: 101
Data de inscrição: 09/05/2013
Idade: 21
Localização: Ibotirama- Ba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portfólio individual Feito.Conceito Muito Bom!!

Mensagem por Helio Andrade em Ter 11 Jun 2013 - 15:58

Qualquer Duvida é só postar aqui para que eu possa te ajudar!!

Helio Andrade
Nivel 3
Nivel 3

Mensagens: 101
Data de inscrição: 09/05/2013
Idade: 21
Localização: Ibotirama- Ba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portfólio individual Feito.Conceito Muito Bom!!

Mensagem por Edson Falque em Qua 12 Jun 2013 - 18:44

Veja o meu. Conceito: Muito Bom.
 
Trabalho apresentado ao Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas da UNOPAR – Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas Tópicos em Desenvolvimentos de Sistemas - Ética, Política e Sociedade - Lógica e Técnica de Programação - Fundamentos da Computação.
 
Orientador: Profª Merris Mozer
                 Prof. Sergio de Goes Barbosa
                 Prof. Anderson Machado
                 Prof. Marco Hisatomi 
Edson da Costa Falque
Rio Branco
2013
 
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO.......................................................................................................................................................3
[Somente administradores podem ver este link].................................................................................................................................................4
2.1 O que é preciso para aprender HTML?...............................................................................................................4
2.2 Qual é a estrutura básica de um documento HTML............................................................................................5.
2.3 Parâmetros:size,face,color .................................................... ............................................................................5
2.4 Tabela............ .....................................................................................................................................................6
2.5 Link no mesmo documento.............................................. ...................................................................................7
2,6 Linha <body color=”red”>......</body>........ .........................................................................................................7
3 ADMINISTRAÇÃO.......... .......................................................................................................................................8
3.1 Humanização.......... ............................................................................................................................................8
3.2 Relacionamento interpessoal........ .....................................................................................................................9
3.3 Ética.............................................................................................. ....................................................................10
4 C#(SHARP)................................................................................... ......................................................................12
4.1 Dados primitivos da C#(Sharp).......................................................................................... ...............................12
ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS....................................................... ....................................................................14
5.1 Sequencial .........................................................................................................................................................14
5.2 Relativa........... ..................................................................................................................................................14
5.3 Indexada........... ................................................................................................................................................15
6 CONCLUSÃO.................. ....................................................................................................................................17
REFERÊNCIAS.......................................................................................................................................................18

1  INTRODUÇÃO

A finalidade deste portfolio é usar os recursos tecnológicos “HTML, Linguagem C#(Sharp) e a Organização de Arquivos, juntamente com a humanização e a ética no ambiente de trabalho” para organização do funcionamento da empresa Nossa Locadora de Livros de modo a assegurar o bom relacionamento entre os funcionários, a produtividade e eficácia da prestação dos serviços aos clientes.

2  HTML

HTML (HyperText Markup Language) foi inventado em 1990 por um cientista chamado Tim Berners-Lee. A finalidade inicial era a de tornar possível o acesso e a troca de informações e de documentação de pesquisas, entre cientistas de diferentes universidades. Ao inventar o HTML ele lançou as fundações da Internet tal como a conhecemos atualmente. Existem outras linguagens mais avançadas, porém dificilmente você verá um site que não utilize HTML, e o mais comum é encontrar sites que utilizam somente HTML. Para visualizar o código HTML de uma página use o menu "View" (Ver) no topo do seu navegador e escolha a opção "Source" (Código fonte). HTML é a "língua mãe" do seu navegador.
2.1   O QUE É PRECISO PARA APRENDER HTML?
Para aprender HTML, é necessário um editor de texto simples, você pode usar o bloco de notas do windows. Evite usar editores com formatação alta, como o word, por exemplo, ele vai deixar seu código impuro. Você vai precisar de um navegador: pode ser o IE, chrome, safari, netscape, opera, komodo, firefox, enfim, qualquer um, é ele que vai ler o código HTML. Depois, pesquise na internet sobre tutoriais de HTML, com sua dedicação e força de vontade logo logo estará dominando a arte da criação de sítios web.
2.2   Qual é a estrutura básica de um documento HTML?
São necessárias quatro tags básicas para descrever a estrutura geral de uma página a ser lida pelo navegador: <html> <head> <title> <body>.
Veja o exemplo abaixo:

<html>
<head>
<title>Nossa Locadora de Livros</title>
</head>
<body>
... A “Nossa Locadora de Livros” é uma empresa privada com fins lucrativos e está situada na região central da cidade...
</body>
</html>

2.3   Parâmetros: size, face, color
Estilos de letras: Podemos definir o estilo todo de um texto, mesmo que ele tenha diferentes aspectos em diversos trechos. A marcação básica é a <font>e dentro desta tag devemos colocar todos os parâmetros para o estilo do texto, como estilo de letra, tamanho da fonte, cor, etc. (Lembre-se de que os cabeçalhos não têm um tamanho definido; dependem do navegador). Usando a marcação de fonte, podemos determinar o começo de um tipo de letra e quando formos mudar, devemos fechar a tag com a sua correspondente.Lembre-se de que é recomendado usar estilos de letras comuns, para não ocorrer mudanças em sua página quando for vista em outros computadores. A marcação utilizada <font> é seguida dos parâmetros que queremos determinar:
* "face" - para o tipo de fonte,
* "size" - para o tamanho da fonte,
* "color" - para a cor da fonte,
como segue:

<font face="tipo de fonte" size="tamanho da fonte" color="#cor da fonte">Aqui começa o texto com o estilo determinado </font> Aqui já não é mais o mesmo tipo de letra.
2.4   Tabela
Tabelas são usadas para apresentar "dados tabulares”, isto é, informação que deve ser apresentada em linhas e colunas, de forma lógica. 3 tags básicas são usadas para inserir tabelas:


  • <table> </table> começa e termina uma tabela.


  • <tr> </tr> significa "table row" - linha de tabela - começa e termina e uma linha horizontal da tabela.


  • <td> </td> significa "table data" - dados da tabela. Começa e termina cada célula contida nas linhas da tabela.



Existem também os atributos. Por exemplo, o atributo border que é usado para definir a espessura de uma borda em volta da tabela:

<table border="1">
  <tr>
    <td>Célula 1</td>
    <td>Célula 2</td>
  </tr>
  <tr>
    <td>Célula 3</td>
    <td>Célula 4</td>
  </tr>
</table>

2.5   link no mesmo documento
O atributo HREF permite que se inclua uma marca de desvio para uma parte específica de um documento. Quando o atributo HREF está presente, o texto entre os elementos de abertura (<) e fechamento (>) da âncora se torna um hipertexto, que, quando clicado pelo mouse de um leitor fará com que o navegador acesse aquela página.
 <a HREF="#..."> O símbolo # sempre aparece quando se quer ligar duas partes do mesmo documento. Vários atributos podem ser definidos pelo tag <a>, sendo que HREF é obrigatório. A letra "a" contida dentro do elemento significa "action" e indica, neste caso, que a área indicada efetuará uma ação quando clicada.
Atributo name: É usado para dar um nome, à sua escolha, para a âncora. O nome serve para marcar o lugar em que a âncora se encontra e o identifica, e tornando possível saltar diretamente para esse local a partir de outros documentos ou de outros pontos do mesmo documento sem que o leitor tenha de se deslocar na página.
2.6   Linha <body color=”red”>......</body>
O comando: <body color=”red”>......</body> simplesmente serve para dar a cor do fundo da página web, nesse caso será vermelho.
3  ADMINISTRAÇÃO empresarial
No mundo globalizado, As organizações e administrações empresariais evoluem constantemente. As organizações e a sociedade precisam superar novos desafios. Neste contexto de rápidas mudanças em diferentes âmbitos, mais do que cortar custos, precisa-se criar inovar e principalmente empreender. Nestas circunstâncias faz uma diferença enorme contar com a ajuda de um excelente administrador empresarial com habilidades para planejar, organizar, dirigir, coordenar e controlar os empreendimentos humanos. O administrador é responsável pelo planejamento, organização e funcionamento da empresa. Cuida e fiscaliza a execução do planejamento de modo a assegurar a produtividade e eficácia dos serviços.
Segue três temas importantes referentes à Administração Empresarial que deve ser levado em consideração na empresa “Nossa Locadora de Livros”.
3.1 humanização
A humanização no setor empresarial significa respeitar e valorizar os empregados, através de benefícios tais como: plano de saúde, vale refeição, banco de horas, PLR, etc. Além disso, a empresa deve estimular seus colaboradores a cuidar da sua qualidade de vida. Analisando o ambiente externo, se vê que a busca desenfreada pelo lucro da grande maioria das empresas faz com que as mesmas pensem apenas em metas e esqueçam do lado humano da organização. Para alguns autores, as relações interpessoais refletem-se tanto na produtividade quanto na eficiência de um grupo. Nesse sentido, observa-se que a competência de um grupo de pessoas não é o único fator que leva a produtividade e eficiência, a solidariedade de suas relações interpessoais devem ser consideradas. As equipes bem entrosadas evitam conflitos no ambiente de trabalho, aumentando a produtividade e o bem estar dos funcionários.
3.2 Relacionamento interpessoal

O relacionamento interpessoal é mais comum no mundo dos negócios e das empresas. Envolve as habilidades e capacidades, inteligências e estratégias em comum de um grupo, para que haja um crescimento geral. Para um bom relacionamento interpessoal entre uma equipe de trabalho, existem algumas dicas para desenvolver um bom relacionamento.
·    Saber ouvir
Ouvir o que o colega de trabalho tem a dizer, e interpretá-la corretamente. As conclusões precipitadas podem prejudicar um bom relacionamento interpessoal, e o andamento de todo o grupo.

·         Saber falar

Saber expor as opiniões e todos os seus pontos de vista é muito importante para um bom relacionamento com todo o grupo de trabalho. Mas as palavras mal escolhidas podem causar certo desentendimento, portanto, nada melhor do que analisar várias vezes o que será dito.
·    Saber respeitar

Certamente, o trabalho que envolver outras pessoas pode ser complicado em certos pontos de vista. O ser humano possui inúmeras diferenças que os faz ser único. É preciso saber respeitar estas diferenças, e saber dizer no momento certo e com as palavras certas, o que lhe incomoda no outro. É preciso também, saber ouvir quais são os defeitos que você possui, ou as atitudes que incomodam o próximo.
Ø  A importância do relacionamento interpessoal

O relacionamento interpessoal pode ser muito importante no andamento da produtividade de empresas, pois é onde este é mais presente. Quando todos os funcionários possuem um bom relacionamento entre si, uma boa comunicação e também uma boa produção, todos estes fatores influenciarão na qualidade e na faturação da empresa. O relacionamento interpessoal são todas as normas de educação geral que já conhecemos, aplicadas às pessoas e seus contatos.
3.3 ética

Ética no trabalho é profundamente necessário para um ambiente saudável. Mesmo quando não há um Código de Ética formalmente definido há um conjunto de aspectos que são considerados "bom senso" (mas deixam espaço para interpretações variadas). Um código de ética definido formalmente é positivo porque remove dúvidas que possam surgir por divergências de opinião de cunho moral ou valorativo, já que as definições do "bom senso" nem sempre são compartilhadas. Segue uma pequena lista de 10 itens que podem ajudar a pautar a confecção do código de ética pessoal dos funcionários da “Nossa Locadora de Livros”.

1.    Seja honesto, honrado e digno em qualquer situação.

2.    Nunca faça algo que você não possa assumir perante sua equipe, seus superiores, seus subordinados ou o público.

3.    Seja humilde, tolerante, flexível e disposto a ouvir críticas e sugestões.

4.    Críticas e repreensões devem ser feitos primeiro à pessoa a quem se referem, cara a cara. Se houver o dever de levá-los a mais alguém, que não seja pelas costas.

5.    A privacidade do colega, do cliente e de todos os demais é inviolável. Independentemente de questões de propriedade corporativa, mexer na mesa, gaveta, informações ou documentos alheios exige autorização (de norma ou da pessoa envolvida) em qualquer circunstância.

6.    Em ações e discussões internas, assuma sempre seus valores e princípios e as consequências dos atos a que eles conduzirem, mesmo que isso signifique ficar contra a maioria – mas jamais procure obstruir o direito de expressão e voto no posicionamento alheio.

7.    Fique longe de fofocas e comentários maldosos, mesmo que pareçam fazer parte da cultura do grupo. Muitas vezes, o simples fato de dar ouvido a elas pode ser suficiente para identificá-lo com o rótulo de fofoqueiro.

8.    A relação hierárquica e de equipe não deve considerar amizades nem antipatias. O subordinado amigo deve ao seu chefe o mesmo tratamento que os demais, e o chefe amigo precisa cuidar para jamais privilegiar o subordinado que lhe é próximo. Da mesma forma, antipatias pessoais não têm espaço no ambiente profissional. Reserve-as para seu íntimo e procure oportunidades para superá-la. No trabalho, trate o colega com o respeito comum, mantenha distância se possível, e não comente com outros a antipatia que sente.

9.    Sempre dê crédito a quem merece, sem jamais aceitar elogios ou recompensas pelo mérito alheio.

10. Ao errar, reconheça, sem exageros. A atitude esperada é "não foi um erro intencional, vou providenciar para que não ocorra de novo e vou remediar o acontecido".
4  C#(SHARP)
4.1 Dados primitivos da C#(Sharp)
Toda linguagem de programação possui seus tipos de dados primitivos, incluindo o C#. Tipos de dados primitivos são os dados suportados diretamente pelo compilador. Esses dados possuem palavras chaves para facilitar sua utilização durante a implementação de um sistema. A linguagem C# suporta 15 tipos primitivos de dados: Oito tipos primitivos integrais, dois tipos primitivos de ponto-flutuante, um tipo primitivo decimal, o tipo primitivo boolean, o tipo primitivo char e os tipos referência object e string.
A seguir temos uma lista com os tipos primitivos mais usados na programação em C# e os valores que podem ser armazenados.


Palavra Chave

Tipo

Faixa de valores

bool

System.Boolean

true ou false
char

System.Char

U+0000 a U+ffff
decimal

System.Decimal

1,0 × 10-28 a 7,9 × 1028
double

System.Double

±5,0 × 10-324 a ±1,7 × 10308
float

System.Single

±1,5 × 10-45 a ±3,4 × 1038
int

System.Int32

-2.147.483.648 a 2.147.483.647
long

System.Int64

-9,223,372,036,854,775,808 a 9,223,372,036,854,775,807
String

System.String


Abaixo temos exemplos de utilização desses tipos primitivos:
5  organização de arquivos

A organização dos arquivos consiste no modo como os dados estão internamente armazenados, podendo, sua estrutura, variar em função do tipo de informação contida no arquivo. A forma mais simples de organização é através de uma sequência não estruturada de bytes. A aplicação deve definir toda a organização, com vantagem da flexibilidade, porém de inteira responsabilidade da aplicação. Alguns Sistemas Operacionais estabelecem diferentes organizações de arquivos e cada arquivo deve seguir a um modelo suportado. As organizações mais conhecidas e implementadas são a sequencial, relativa e indexada.  

5.1 Sequencial
Em um arquivo sequencial, os registros são dispostos ordenadamente, obedecendo a sequência determinada por uma chave primária, chamada chave de ordenação. Na figura abaixo, é apresentado um exemplo de arquivo sequencial, no qual é usado como chave de ordenação o atributo NÚMERO.


NÚMERO
NOMEIDADESALÁRIO
100João Carlos635000
150Paulo Rodrigues202500
200Ana Paula192270
250José Roberto303000
300Marcia Regina272500
350André Augusto423800
400Maria Helena222600

Esta organização, que representa um aperfeiçoamento em relação àquela na qual os registros são dispostos aleatoriamente, representa, também, uma perda de flexibilidade por não acomodar com simplicidade as operações de modificação do arquivo. O acesso a um registro é facilitado se a chave de acesso coincide com a chave de ordenação (ou com sua parte inicial), pois nos demais casos, não há vantagem na sequencialidade do arquivo.

5.1 relativa

É o tipo de organização que contém, apenas, uma área de dados para armazenamento dos registros. Estes registros são identificados por uma chave principal, cujo endereço físico para armazenamento é dado através do valor desta chave ou de um valor calculado a partir dela. Um arquivo de organização relativa tem que possuir chave de conteúdo numérico, para possibilitar o cálculo do endereço e localização do registro na área de dados. Em uma organização relativa, ao invés do índice é usada uma função que calcula o endereço do registro a partir do argumento de pesquisa.

Veja a figura abaixo, que apresenta uma organização relativa:




chave: 150--->

E=F(chave)
---> E = 3

|------>


NÚMERO

NOME

SALÁRIO

1

200

Ana Paula

2270

2

3

150

Paulo Rodrigues

2500

4

5

250

José Roberto

3000

|--------------ÁREA DE DADOS NO DISCO-------------|
 

5.2 indexada

Uma organização indexada é formada por um arquivo sequencial e por um índice. Contém três áreas distintas:

·           Área


·           Área de dados


·           Área de extensão (overflow)


ÍNDICES

Um índice é formado pela chave e pelo endereço do registro;

Cada entrada no índice corresponde a um grupo de registros (índice esparso) ou, uma entrada para cada registro (índice denso);

Os índices podem ser estruturados em até três níveis.

ÁREA DE EXTENÇÃO

Na criação do arquivo sequencial indexado os registros são armazenados na área de dados;

Ø    Problema: Os novos registros incluídos no arquivo, a fim de se manterem na ordem sequencial, implicariam que registros com valores de chaves mais altos do que o novo registro incluído precisariam ser deslocados.

Ø    Solução: Os novos registros são inseridos na área de extensão (Overflow); 

O registro da Área de Dados exatamente anterior ao novo registro incluído (na Área de Extensão) “aponta” para o endereço físico deste novo registro. Este registro por sua vez, também aponta para o próximo registro da sequencia.
6  CONCLUSÃO
O bom uso dos recursos tecnológicos agregado ao bom relacionamento interpessoal dos funcionários é tudo que uma empresa prestadora de serviço necessita para ter sucesso nesse mundo globalizado.
REFERÊNCIAS:
[Somente administradores podem ver este link]
[Somente administradores podem ver este link]
[Somente administradores podem ver este link]
[Somente administradores podem ver este link]
[Somente administradores podem ver este link]
[Somente administradores podem ver este link]
[Somente administradores podem ver este link]
[Somente administradores podem ver este link]
[Somente administradores podem ver este link]
[Somente administradores podem ver este link]
[Somente administradores podem ver este link]
[Somente administradores podem ver este link]

 


Edson Falque
Nivel 0
Nivel 0

Mensagens: 5
Data de inscrição: 12/04/2013
Localização: Rio Branco

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portfólio individual Feito.Conceito Muito Bom!!

Mensagem por Helio Andrade em Qui 13 Jun 2013 - 8:20

Edson Falque escreveu:Veja o meu. Conceito: Muito Bom.
 
Trabalho apresentado ao Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas da UNOPAR – Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas Tópicos em Desenvolvimentos de Sistemas - Ética, Política e Sociedade - Lógica e Técnica de Programação - Fundamentos da Computação.
 
Orientador: Profª Merris Mozer
                 Prof. Sergio de Goes Barbosa
                 Prof. Anderson Machado
                 Prof. Marco Hisatomi 
Edson da Costa Falque
Rio Branco
2013
 
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO.......................................................................................................................................................3
.................................................................................................................................................4
2.1 O que é preciso para aprender HTML?...............................................................................................................4
2.2 Qual é a estrutura básica de um documento HTML............................................................................................5.
2.3 Parâmetros:size,face,color .................................................... ............................................................................5
2.4 Tabela............ .....................................................................................................................................................6
2.5 Link no mesmo documento.............................................. ...................................................................................7
2,6 Linha <body color=”red”>......</body>........ .........................................................................................................7
3 ADMINISTRAÇÃO.......... .......................................................................................................................................8
3.1 Humanização.......... ............................................................................................................................................8
3.2 Relacionamento interpessoal........ .....................................................................................................................9
3.3 Ética.............................................................................................. ....................................................................10
4 C#(SHARP)................................................................................... ......................................................................12
4.1 Dados primitivos da C#(Sharp).......................................................................................... ...............................12
ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS....................................................... ....................................................................14
5.1 Sequencial .........................................................................................................................................................14
5.2 Relativa........... ..................................................................................................................................................14
5.3 Indexada........... ................................................................................................................................................15
6 CONCLUSÃO.................. ....................................................................................................................................17
REFERÊNCIAS.......................................................................................................................................................18

1  INTRODUÇÃO

A finalidade deste portfolio é usar os recursos tecnológicos “HTML, Linguagem C#(Sharp) e a Organização de Arquivos, juntamente com a humanização e a ética no ambiente de trabalho” para organização do funcionamento da empresa Nossa Locadora de Livros de modo a assegurar o bom relacionamento entre os funcionários, a produtividade e eficácia da prestação dos serviços aos clientes.

2  HTML

HTML (HyperText Markup Language) foi inventado em 1990 por um cientista chamado Tim Berners-Lee. A finalidade inicial era a de tornar possível o acesso e a troca de informações e de documentação de pesquisas, entre cientistas de diferentes universidades. Ao inventar o HTML ele lançou as fundações da Internet tal como a conhecemos atualmente. Existem outras linguagens mais avançadas, porém dificilmente você verá um site que não utilize HTML, e o mais comum é encontrar sites que utilizam somente HTML. Para visualizar o código HTML de uma página use o menu "View" (Ver) no topo do seu navegador e escolha a opção "Source" (Código fonte). HTML é a "língua mãe" do seu navegador.
2.1   O QUE É PRECISO PARA APRENDER HTML?
Para aprender HTML, é necessário um editor de texto simples, você pode usar o bloco de notas do windows. Evite usar editores com formatação alta, como o word, por exemplo, ele vai deixar seu código impuro. Você vai precisar de um navegador: pode ser o IE, chrome, safari, netscape, opera, komodo, firefox, enfim, qualquer um, é ele que vai ler o código HTML. Depois, pesquise na internet sobre tutoriais de HTML, com sua dedicação e força de vontade logo logo estará dominando a arte da criação de sítios web.
2.2   Qual é a estrutura básica de um documento HTML?
São necessárias quatro básicas para descrever a estrutura geral de uma página a ser lida pelo navegador: <html> <head> <title> <body>.
Veja o exemplo abaixo:

<html>
<head>
<title>Nossa Locadora de Livros</title>
</head>
<body>
... A “Nossa Locadora de Livros” é uma empresa privada com fins lucrativos e está situada na região central da cidade...
</body>
</html>

2.3   Parâmetros: size, face, color
Estilos de letras: Podemos definir o estilo todo de um texto, mesmo que ele tenha diferentes aspectos em diversos trechos. A marcação básica é a <font>e dentro desta tag devemos colocar todos os parâmetros para o estilo do texto, como estilo de letra, tamanho da fonte, cor, etc. (Lembre-se de que os cabeçalhos não têm um tamanho definido; dependem do navegador). Usando a marcação de fonte, podemos determinar o começo de um tipo de letra e quando formos mudar, devemos fechar a tag com a sua correspondente.Lembre-se de que é recomendado usar estilos de letras comuns, para não ocorrer mudanças em sua página quando for vista em outros computadores. A marcação utilizada <font> é seguida dos parâmetros que queremos determinar:
* "face" - para o tipo de fonte,
* "size" - para o tamanho da fonte,
* "color" - para a cor da fonte,
como segue:

<font face="tipo de fonte" size="tamanho da fonte" color="#cor da fonte">Aqui começa o texto com o estilo determinado </font> Aqui já não é mais o mesmo tipo de letra.
2.4   Tabela
Tabelas são usadas para apresentar "dados tabulares”, isto é, informação que deve ser apresentada em linhas e colunas, de forma lógica. 3 tags básicas são usadas para inserir tabelas:


  • <table> </table> começa e termina uma tabela.


  • <tr> </tr> significa "table row" - linha de tabela - começa e termina e uma linha horizontal da tabela.


  • <td> </td> significa "table data" - dados da tabela. Começa e termina cada célula contida nas linhas da tabela.



Existem também os atributos. Por exemplo, o atributo border que é usado para definir a espessura de uma borda em volta da tabela:

<table border="1">
  <tr>
    <td>Célula 1</td>
    <td>Célula 2</td>
  </tr>
  <tr>
    <td>Célula 3</td>
    <td>Célula 4</td>
  </tr>
</table>

2.5   link no mesmo documento
O atributo HREF permite que se inclua uma marca de desvio para uma parte específica de um documento. Quando o atributo HREF está presente, o texto entre os elementos de abertura (<) e fechamento (>) da âncora se torna um hipertexto, que, quando clicado pelo mouse de um leitor fará com que o navegador acesse aquela página.
 <a HREF="#..."> O símbolo # sempre aparece quando se quer ligar duas partes do mesmo documento. Vários atributos podem ser definidos pelo tag <a>, sendo que HREF é obrigatório. A letra "a" contida dentro do elemento significa "action" e indica, neste caso, que a área indicada efetuará uma ação quando clicada.
Atributo name: É usado para dar um nome, à sua escolha, para a âncora. O nome serve para marcar o lugar em que a âncora se encontra e o identifica, e tornando possível saltar diretamente para esse local a partir de outros documentos ou de outros pontos do mesmo documento sem que o leitor tenha de se deslocar na página.
2.6   Linha <body color=”red”>......</body>
O comando: <body color=”red”>......</body> simplesmente serve para dar a cor do fundo da página web, nesse caso será vermelho.
3  ADMINISTRAÇÃO empresarial
No mundo globalizado, As organizações e administrações empresariais evoluem constantemente. As organizações e a sociedade precisam superar novos desafios. Neste contexto de rápidas mudanças em diferentes âmbitos, mais do que cortar custos, precisa-se criar inovar e principalmente empreender. Nestas circunstâncias faz uma diferença enorme contar com a ajuda de um excelente administrador empresarial com habilidades para planejar, organizar, dirigir, coordenar e controlar os empreendimentos humanos. O administrador é responsável pelo planejamento, organização e funcionamento da empresa. Cuida e fiscaliza a execução do planejamento de modo a assegurar a produtividade e eficácia dos serviços.
Segue três temas importantes referentes à Administração Empresarial que deve ser levado em consideração na empresa “Nossa Locadora de Livros”.
3.1 humanização
A humanização no setor empresarial significa respeitar e valorizar os empregados, através de benefícios tais como: plano de saúde, vale refeição, banco de horas, PLR, etc. Além disso, a empresa deve estimular seus colaboradores a cuidar da sua qualidade de vida. Analisando o ambiente externo, se vê que a busca desenfreada pelo lucro da grande maioria das empresas faz com que as mesmas pensem apenas em metas e esqueçam do lado humano da organização. Para alguns autores, as relações interpessoais refletem-se tanto na produtividade quanto na eficiência de um grupo. Nesse sentido, observa-se que a competência de um grupo de pessoas não é o único fator que leva a produtividade e eficiência, a solidariedade de suas relações interpessoais devem ser consideradas. As equipes bem entrosadas evitam conflitos no ambiente de trabalho, aumentando a produtividade e o bem estar dos funcionários.
3.2 Relacionamento interpessoal

O relacionamento interpessoal é mais comum no mundo dos negócios e das empresas. Envolve as habilidades e capacidades, inteligências e estratégias em comum de um grupo, para que haja um crescimento geral. Para um bom relacionamento interpessoal entre uma equipe de trabalho, existem algumas dicas para desenvolver um bom relacionamento.
·    Saber ouvir
Ouvir o que o colega de trabalho tem a dizer, e interpretá-la corretamente. As conclusões precipitadas podem prejudicar um bom relacionamento interpessoal, e o andamento de todo o grupo.

·         Saber falar

Saber expor as opiniões e todos os seus pontos de vista é muito importante para um bom relacionamento com todo o grupo de trabalho. Mas as palavras mal escolhidas podem causar certo desentendimento, portanto, nada melhor do que analisar várias vezes o que será dito.
·    Saber respeitar

Certamente, o trabalho que envolver outras pessoas pode ser complicado em certos pontos de vista. O ser humano possui inúmeras diferenças que os faz ser único. É preciso saber respeitar estas diferenças, e saber dizer no momento certo e com as palavras certas, o que lhe incomoda no outro. É preciso também, saber ouvir quais são os defeitos que você possui, ou as atitudes que incomodam o próximo.
Ø  A importância do relacionamento interpessoal

O relacionamento interpessoal pode ser muito importante no andamento da produtividade de empresas, pois é onde este é mais presente. Quando todos os funcionários possuem um bom relacionamento entre si, uma boa comunicação e também uma boa produção, todos estes fatores influenciarão na qualidade e na faturação da empresa. O relacionamento interpessoal são todas as normas de educação geral que já conhecemos, aplicadas às pessoas e seus contatos.
3.3 ética

Ética no trabalho é profundamente necessário para um ambiente saudável. Mesmo quando não há um Código de Ética formalmente definido há um conjunto de aspectos que são considerados "bom senso" (mas deixam espaço para interpretações variadas). Um código de ética definido formalmente é positivo porque remove dúvidas que possam surgir por divergências de opinião de cunho moral ou valorativo, já que as definições do "bom senso" nem sempre são compartilhadas. Segue uma pequena lista de 10 itens que podem ajudar a pautar a confecção do código de ética pessoal dos funcionários da “Nossa Locadora de Livros”.

1.    Seja honesto, honrado e digno em qualquer situação.

2.    Nunca faça algo que você não possa assumir perante sua equipe, seus superiores, seus subordinados ou o público.

3.    Seja humilde, tolerante, flexível e disposto a ouvir críticas e sugestões.

4.    Críticas e repreensões devem ser feitos primeiro à pessoa a quem se referem, cara a cara. Se houver o dever de levá-los a mais alguém, que não seja pelas costas.

5.    A privacidade do colega, do cliente e de todos os demais é inviolável. Independentemente de questões de propriedade corporativa, mexer na mesa, gaveta, informações ou documentos alheios exige autorização (de norma ou da pessoa envolvida) em qualquer circunstância.

6.    Em ações e discussões internas, assuma sempre seus valores e princípios e as consequências dos atos a que eles conduzirem, mesmo que isso signifique ficar contra a maioria – mas jamais procure obstruir o direito de expressão e voto no posicionamento alheio.

7.    Fique longe de fofocas e comentários maldosos, mesmo que pareçam fazer parte da cultura do grupo. Muitas vezes, o simples fato de dar ouvido a elas pode ser suficiente para identificá-lo com o rótulo de fofoqueiro.

8.    A relação hierárquica e de equipe não deve considerar amizades nem antipatias. O subordinado amigo deve ao seu chefe o mesmo tratamento que os demais, e o chefe amigo precisa cuidar para jamais privilegiar o subordinado que lhe é próximo. Da mesma forma, antipatias pessoais não têm espaço no ambiente profissional. Reserve-as para seu íntimo e procure oportunidades para superá-la. No trabalho, trate o colega com o respeito comum, mantenha distância se possível, e não comente com outros a antipatia que sente.

9.    Sempre dê crédito a quem merece, sem jamais aceitar elogios ou recompensas pelo mérito alheio.

10. Ao errar, reconheça, sem exageros. A atitude esperada é "não foi um erro intencional, vou providenciar para que não ocorra de novo e vou remediar o acontecido".
4  C#(SHARP)
4.1 Dados primitivos da C#(Sharp)
Toda linguagem de programação possui seus tipos de dados primitivos, incluindo o C#. Tipos de dados primitivos são os dados suportados diretamente pelo compilador. Esses dados possuem palavras chaves para facilitar sua utilização durante a implementação de um sistema. A linguagem C# suporta 15 tipos primitivos de dados: Oito tipos primitivos integrais, dois tipos primitivos de ponto-flutuante, um tipo primitivo decimal, o tipo primitivo boolean, o tipo primitivo char e os tipos referência object e string.
A seguir temos uma lista com os tipos primitivos mais usados na programação em C# e os valores que podem ser armazenados.


Palavra Chave

Tipo

Faixa de valores

bool

System.Boolean

true ou false
char

System.Char

U+0000 a U+ffff
decimal

System.Decimal

1,0 × 10-28 a 7,9 × 1028
double

System.Double

±5,0 × 10-324 a ±1,7 × 10308
float

System.Single

±1,5 × 10-45 a ±3,4 × 1038
int

System.Int32

-2.147.483.648 a 2.147.483.647
long

System.Int64

-9,223,372,036,854,775,808 a 9,223,372,036,854,775,807
String

System.String


Abaixo temos exemplos de utilização desses tipos primitivos:
5  organização de arquivos

A organização dos arquivos consiste no modo como os dados estão internamente armazenados, podendo, sua estrutura, variar em função do tipo de informação contida no arquivo. A forma mais simples de organização é através de uma sequência não estruturada de bytes. A aplicação deve definir toda a organização, com vantagem da flexibilidade, porém de inteira responsabilidade da aplicação. Alguns Sistemas Operacionais estabelecem diferentes organizações de arquivos e cada arquivo deve seguir a um modelo suportado. As organizações mais conhecidas e implementadas são a sequencial, relativa e indexada.  

5.1 Sequencial
Em um arquivo sequencial, os registros são dispostos ordenadamente, obedecendo a sequência determinada por uma chave primária, chamada chave de ordenação. Na figura abaixo, é apresentado um exemplo de arquivo sequencial, no qual é usado como chave de ordenação o atributo NÚMERO.


NÚMERO
NOMEIDADESALÁRIO
100João Carlos635000
150Paulo Rodrigues202500
200Ana Paula192270
250José Roberto303000
300Marcia Regina272500
350André Augusto423800
400Maria Helena222600

Esta organização, que representa um aperfeiçoamento em relação àquela na qual os registros são dispostos aleatoriamente, representa, também, uma perda de flexibilidade por não acomodar com simplicidade as operações de modificação do arquivo. O acesso a um registro é facilitado se a chave de acesso coincide com a chave de ordenação (ou com sua parte inicial), pois nos demais casos, não há vantagem na sequencialidade do arquivo.

5.1 relativa

É o tipo de organização que contém, apenas, uma área de dados para armazenamento dos registros. Estes registros são identificados por uma chave principal, cujo endereço físico para armazenamento é dado através do valor desta chave ou de um valor calculado a partir dela. Um arquivo de organização relativa tem que possuir chave de conteúdo numérico, para possibilitar o cálculo do endereço e localização do registro na área de dados. Em uma organização relativa, ao invés do índice é usada uma função que calcula o endereço do registro a partir do argumento de pesquisa.

Veja a figura abaixo, que apresenta uma organização relativa:




chave: 150--->

E=F(chave)
---> E = 3

|------>


NÚMERO

NOME

SALÁRIO

1

200

Ana Paula

2270

2

3

150

Paulo Rodrigues

2500

4

5

250

José Roberto

3000

|--------------ÁREA DE DADOS NO DISCO-------------|
 

5.2 indexada

Uma organização indexada é formada por um arquivo sequencial e por um índice. Contém três áreas distintas:

·           Área


·           Área de dados


·           Área de extensão (overflow)


ÍNDICES

Um índice é formado pela chave e pelo endereço do registro;

Cada entrada no índice corresponde a um grupo de registros (índice esparso) ou, uma entrada para cada registro (índice denso);

Os índices podem ser estruturados em até três níveis.

ÁREA DE EXTENÇÃO

Na criação do arquivo sequencial indexado os registros são armazenados na área de dados;

Ø    Problema: Os novos registros incluídos no arquivo, a fim de se manterem na ordem sequencial, implicariam que registros com valores de chaves mais altos do que o novo registro incluído precisariam ser deslocados.

Ø    Solução: Os novos registros são inseridos na área de extensão (Overflow); 

O registro da Área de Dados exatamente anterior ao novo registro incluído (na Área de Extensão) “aponta” para o endereço físico deste novo registro. Este registro por sua vez, também aponta para o próximo registro da sequencia.
6  CONCLUSÃO
O bom uso dos recursos tecnológicos agregado ao bom relacionamento interpessoal dos funcionários é tudo que uma empresa prestadora de serviço necessita para ter sucesso nesse mundo globalizado.
REFERÊNCIAS:













 


Valeu Edson Falque seu trabalho esta bem organizado,a maioria dos conceitos foram muito bom....
Espero que esse trabalho possam ajudar quem ficou de refazer os trabalhos.
Valeu pela colaboração.

Helio Andrade
Nivel 3
Nivel 3

Mensagens: 101
Data de inscrição: 09/05/2013
Idade: 21
Localização: Ibotirama- Ba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portfólio individual Feito.Conceito Muito Bom!!

Mensagem por carlos vilas em Sex 14 Jun 2013 - 9:25

Parabéns pelo trabalho!

carlos vilas
Nivel 0
Nivel 0

Mensagens: 1
Data de inscrição: 13/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portfólio individual Feito.Conceito Muito Bom!!

Mensagem por Helio Andrade em Sex 14 Jun 2013 - 14:47

carlos vilas escreveu:Parabéns pelo trabalho!

Valeu Carlos. qual foi o seu conceito ??
Posta aqui no fórum o seu Também para ajudar aqueles que ñ tiveram um bom conceito que ficaram de refazer o trabalho.
Flow..

Helio Andrade
Nivel 3
Nivel 3

Mensagens: 101
Data de inscrição: 09/05/2013
Idade: 21
Localização: Ibotirama- Ba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portfólio individual Feito.Conceito Muito Bom!!

Mensagem por Willian Alves em Qua 11 Set 2013 - 17:00

Eu sei que pode ser uma pergunta boba, mas o portfólio deve ser feito em um documento Word para enviar?

Willian Alves
Nivel 0
Nivel 0

Mensagens: 3
Data de inscrição: 29/08/2013
Idade: 19

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portfólio individual Feito.Conceito Muito Bom!!

Mensagem por Helio Andrade em Qua 11 Set 2013 - 17:26

Willian Alves escreveu:Eu sei que pode ser uma pergunta boba, mas o portfólio deve ser feito em um documento Word para enviar?
Sim Willian você deve fazer no Word w anexar o arquivo depois é só enviar é esperar o seu conceito obtido no portiforio.
FLw abraço.

Helio Andrade
Nivel 3
Nivel 3

Mensagens: 101
Data de inscrição: 09/05/2013
Idade: 21
Localização: Ibotirama- Ba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Muito obrigado. Vlw abraço

Mensagem por Willian Alves em Dom 15 Set 2013 - 13:31

Helio Andrade escreveu:
Willian Alves escreveu:Eu sei que pode ser uma pergunta boba, mas o portfólio deve ser feito em um documento Word para enviar?
Sim Willian você deve fazer no Word w anexar o arquivo depois é só enviar é esperar o seu conceito obtido no portiforio.
FLw abraço.

Willian Alves
Nivel 0
Nivel 0

Mensagens: 3
Data de inscrição: 29/08/2013
Idade: 19

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum